Meu parto

Mil anos depois, aqui estou eu… Porem dessa vez acho que sou perdoada mais facilmente neh? A vida esta linda, maravilhosa, mas parece que mal acordo, dou mama e troco fralda o dia todo e num piscar de olhos ja eh hora de dormir de novo. Impressionante.

Desde que minha mae chegou pra me ajudar, estou com uma lista de coisa pra fazer anotadas e uma delas eh: BLOG … mas simplesmente não acho tempo de sentar aqui e escrever… acho que agora vai. (Update – demorei 1 semana pra escrever isso enquanto tiro leite rs  – mil e uma utilidades rs)

Bom, vou começar com a semana do meu parto e contar como foi… mesmo atrasada vou tentar postar em ordem.

Na semana que fiz 36 semanas percebi que comecei a sangrar um pouco… como não era nada alarmante, era pouco e apenas na hora de limpar achei que era tranquilo. Perguntei pra medica e ela disse que não era de se preocupar. Depois novamente, e no terceiro dia resolvi pesquisar… de acordo com o Google era meu “tampão” que estava saindo. Algumas mulheres perdem ele tudo de uma vez, outras aos poucos como eu…

Na sexta feira dia 18 de marco, no meu ultimo dia de trabalho eu liguei pra medica cedinho pq ainda estava sangrando e ela disse pra eu ir la naquele mesmo dia, para me checarem…  Marquei pro horário de encaixe disponivel – as 2:30pm. Eu trabalharia no meu ultimo dia ate as 6pm. Antes mesmo do almoço eu tive umas contrações de treinamento e como ja estava sem cabeça resolvi não trabalhar o dia inteiro. Esperei dar meu horário de almoço e fui pro medico ja avisando que não voltaria mais. Foi a melhor coisa que fiz. rs

Cheguei ao medico, fizemos mais um ultrassom e então o toque. Eu ja estava 2cm dilatada. Mesmo assim o medico me mandou ir embora e disse que nos viamos na terca feira, dia da minha indução.

Vim pra casa e no caminho contei as novas pra minha mae e ela me disse assim: “2cm ja? Você não chega ate terça feira, esse bebe vem antes”. Comentei com o Greg e ele disse – “ah capaz… ”

Eu confesso que também nao acreditei muito afinal eu ainda estava de 36 semanas. Sim, meu parto seria induzido as 37 semanas mas apenas por causa da condicao do Arthur, senão eu nem estaria pensando em ter bebe tao antes.

Cheguei em casa, troquei de roupa e deitei no sofá pra descansar… uma meia hora depois senti um estouro, meio que ouvi um barulho, não sei descrever.. mas foi uma sensação muito estranha. Gritei pro meu marido, mas dai vi que nada aconteceu e parei de chama-lo. Eu ainda estava deitada, então resolvi levantar ir ao banheiro  pra ver o que poderia ter sido aquilo… no que levantei foi agua pra tudo lado. Minha bolsa havia estourado.

Senti pânico. Todo esse tempo eu tinha uma data pra ser induzida. Chegar la com calma, tomar remedio pra isso e aquilo.. a bolsa estourar não estava nos meus planos… e como as coisas são engracadas… o Arthur estava pronto. Deus mandou ele na hora certa, no dia que terminei no meu trabalho, no momento certinho.

Gritei novamente para meu marido… Na hora lembro de ter pensado – Ainda bem que não trabalhei ate as 6pm. rs. A bolsa estourou s 5:30pm.

Ai foi aquela correria, me troquei, meu marido comecou a pegar tudo que via pela frente e enfiava na mala e fomos pro hospital. Eu ainda não tinha comecado com contrações, fiquei nervosa de pensar em te-las no carro, ainda mais que esse horário era horário de pico… Sentia umas dorzinhs, mas nada muito forte… pra minha sorte as contrações so começaram quando eu ja estava no hospital. Mas foi entrar no hospital as dores começaram super fortes, pareceu ate magica… mal consegui assinar meu nome na recepcao.

Fizeram os exames iniciais. Agora eu ja estava com 3cm. Me perguntaram se eu ia querer a epidural. Eu sabia que ia querer, nada contra as opcoes de ninguém mas se eu fosse induzid estaria ok, se tivesse normal estaria ok, se precisasse de remedio estaria mais ok ainda… Nao sou a favor de sofrer pra dizer “consegui sem nada”… pra mim era uma dor desnecessaria. Mas ao perguntarem eu neguei… Lembro que meu marido disse- vc vai aguentar mais um pouco heh? Nos dois sabíamos do  “mito” que as vezes a epidural atrapalha e atrasa a dilatacao e então eu resolvi esperar ate pelo menos 5 cm.

13262554_10208463830969176_1611939610_o

painel de contracoes

Foi ai que me avisaram que o time da anestesia ia participar de um parto cesarea naquele momento e que se eu quisesse a epidural tinha que ser “ja” ou “soh depois de 2 horas”. Mesmo com dor, tomei a decisao de esperar.

Fomos transferidos pro quarto que eu teria o Arthur e as dores so pioraram. Em poucos minutos eu  me arrependi de nao ter tido a epidural quando pude. Chorei, sofri, soh conseguia ficar sentada no vaso kkkk (desculpem as informacoes graficas) mas enfim… soh conseguia sentar la. Levantava, chacoalhava, sentava, chorava… Foi a pior hora da noite. 1 hora tinha se passado e eu supliquei pelo pessoal da anestesia… será que eles ja tinham terminado o parto cesarea pra eu tomar a epidural? Pra minha sorte sim e a minha enfermeira os chamou, porem ainda assim demorou uns 20 min pra eles chegarem. Fizeram o toque e eu ja estava de 5cm. Ai eu ja fiquei bem aliviada… eu ia ter a anestesia nos “meus termos”.

Quando o time de anestesia chegou eu ja estava chorando, morrendo de dor…  Me colocaram sentada, de lado na cama e pediram pra que eu me curvasse… foi a sensacao mais estranha. Era dificil me curvar por causa da barriga. Disseram ao Greg que ele nao poderia levantar durante esse procedimento e então ele ficou ali me olhando. Ele passou meio mal pq alem de não conseguirem de primeira, a injeção era enorme e eu não parava de me contorcer de dor… e ele ali, sentado sem poder fazer nada… ele meio branco pediu pra sair da sala ja que não podia me ajudar.

13224261_10208463831169181_521517762_o

Quando acabou eu achava que ja ia fazer efeito… demorou mais uns 20 min pra eu parar de sentir dor… quando parei de sentir dor, notei que minhas contrações começaram a ficar mais fortes pelo monitor… misericordia, eu realmente não ia aguentar sem anestesia.

Checamos a dilatacao. Eu ja estava 7cm e progredindo super bem, como eu imaginava um parto induzido e me disseram que por ser meu primeiro filho eu talvez demorasse horas pra dar a luz, nunca imaginei estar indo tao rápido. Foi tao rápido que nem deu tempo de eu me preocupar e olha que eu me preocupo com tudo rs.

Antes da 1 da manha eu ja estava com 10 cm. Achei que quando chegasse nos 10cm as coisas iam começar a acontecer.. A enfermeira disse… pronto 10 cm, agora eh soh esperar o Arthur fazer pressão pra sair. Me colocou meio que sentada e ali fiquei. Nesse momento o meu marido tirou um cochilo pq as coisas finalmente tinham acalmado. Eu não consegui dormir nadinha pq tava com muita coceira. Pedi remédio na veia para as coceiras e ela teve que me dar duas doses pq não estava adiantando… As dores de contração pararam mas não sei se a anestesia me deu alergia, ou se eram aqueles cintos pra medir minhas contrações e o coração do bebe… enfim, não sei qual dos dois… mas eu passei MUITO mal de coceira, nessa hora ja tinha ate perdido o humor ja. Se eu soubesse que os cintos não fossem tao importantes eu teria tacado eles fora. Sem falar na porcaria do IV na mao… que irritante.

Dai em diante ja não lembro muito os horário. Sei que logo o Arthur começou a fazer a tal pressão pra sair e eu  comecei a puxar. Meu marido que desde o começo disse que soh queria ficar do meu lado no parto, sem olhar “la pra baixo” foi intimado pela entermeira a  ajudar rs. Como eu não sentia nada do peito pra baixo, ele e a enfermeira olhavam no monitor e quando vinha uma contração levantavam cada um uma perna e empurravam e eu fazia forca. Isso durou um tempao. Ela perguntou se eu queria um espelho pra ver a cabeça aparecendo… na hora disse não mas depois cedi. Muito surreal.

Nesse momento eu soh pensava… cade o time de medicos que tinha que estar aqui pra quando o Arthur chegasse? Ficava com medo que ele fosse sair a qualquer momento e não ter ninguém ali… ai a enfermeira explicou que ate a cabeça dele encaixar e não voltar pra dentro, ela não chamaria o time… ou seja, a cada empurrão sem que ela chamasse o time eu sabia que ainda estava longe =( Isso foi me frustrando… Mas o Greg me consolava, dizia que eu estava indo super bem…

Nao sei quanto tempo depois, finalmente a cabeça não voltou mais. O time, com umas 12 pessoas mais ou menos chegou. 6 ficaram perto do bercinho aquecido esperando pelo Arthur e o resto pra mim… Teve um momento que todos na sala estavam parados, olhando pro meio das minhas pernas, soh esperando que ele nascesse. Nessa hora pensei- preciso tirar essa criança daqui urgente pq não aguento mais todo mundo me olhando rs. E ai fiz a maior forca do mundo algumas vezes… não doia nada la embaixo, mas a cabeça sim, a forca eh tanta que eu sentia que as veias da minha cabeca iam explodir.

As 5:37 da manha do dia 19 de Marco, meu titiquinho de bebe nasceu. Lembro do medico segurando ele na minha frente para cortar o cordao umbilical… aqueles segundos eu meio que olhei pros intestinos, mas o que me chamou a atenção mesmo era o quão pequeno ele era. Fiquei abobada.

13234560_10208463831249183_519915166_o

Levaram ele pro bercinho ali no quarto mesmo enquanto tiravam a minha placenta. Nesse momento o Greg começou a conversar com o medico sobre a placenta e tal e era como se nada tivesse acontecido. Foi uma hora bem tranquila. Ate piada fizeram. E eu tava bem de boa ainda. Nada como uma boa epidural rs.

Trouxeram o Arthur pra mais perto de mim para que eu pudesse ve-lo direito. Não peguei ele no colo, mas segurei sua maozinha. Ele ja estava enrolado em um plástico especial para que os intestinos ficassem protegidos ali fora.

13241729_10208463831009177_128950705_o.jpg

Depois disso levaram o Arthur pra UTI e eu fiquei ali delirando de sono e cansaço. A pior parte disso tudo foi que eu tive o bebe e ja as 7am o shift dos enfermeiros mudou… novos enfermeiros, novo quarto, tudo… eu cansada e tendo que conversar com gente nova… fui ficando bem irritada de ter que repetir algumas coisas. O Greg foi com o Arthur pra UTI e eu fiquei ali com minha cunhada que tinha vindo me visitar. Logo que ele voltou me colocaram numa cadeira de rodas e eu fui tb.

13241528_10208463831489189_1422651326_o.jpg

Amor da minha vida com poucos minutos de vida

Depois vieram nos dizer que eles viram que os intestinos não tinham inchado nem nada parecido e que iam tentar fazer uma única cirurgia pra colocar tudo pra dentro.

Logo apos isso eu e o Greg capotamos.

A segunda parte, da cirurgia e da vida da UTI e na casa do Ronald MCDonald eu conto depois. =) 

 

PS: Gostaria de agradecer (meio atrasada) a Mariana que sugeriu que minha irma não comentasse nada da condição do Arthur na hora de tirar o visto para não alarmar ainda mais eles. Deu certo e ela ja ja esta chegando. Obrigada Mari, fiquei bem pensando naquilo que vc falou e decidi falar o menos possível =)

Beijossssss

 

 

 

 

 

 

 

30, 31 e 32 Semanas

12804507_10207814377053234_160228405_n10013628_10207814358612773_672011439_n12834782_10207814358652774_1170952133_n

Genteeeee

que atrasada que eu estou nesse post.
E quanta pressao pra eu postar.. ok ok aqui estou. rs

Em primeiro lugar gostaria de dar um oi pra Estherzinha fofa que me mandou inbox no insta pra dizer que ela tinha me mandado varias mensagens de video no snap pra eu assistir.
A Esther me segue desde os tempos de Au Pair, do outro blog e agora ta acompanhando esse da gravidez =)
Fiquei mto feliz que ela e sua maezinha estao orando por mim e minha familia.
Que delicia ouvir essas coisas =)
beijos Esther.

Entao, por onde comecar… pelo meu cha de bebe neh?
Foi tudo mara… eu tive um fds maravilhoso ao lado de amigas queridas e foi simplesmente tudo.
Eu vou postar mais fotos do que falar do cha, pq ja faz tanto tempo rsrsrsrs. Mas foi mto mara.
O fato de mtas meninas dirigirem de longe pra estar aqui por nos foi mais que demais.

Se eu pudesse teria visita em casa sempre.. eh tao gostoso neh?

Enfim, me senti mto lisonjeada, amada, tudo de bom com a generosidade de todo mundo.

(Fotos abaixo)

Falando em visita em casa sempre…
as passagens de mami poderosa estao compradas e terei ela aqui 1 mes depois do nascimento do Arthur.
Ai voce me pergunta – mas pq soh um mes depois? Nao seria melhor ela ir antes?
Sim, seria. E nos demoramos muiiiiiito tempo tentando definir a que data ela viria.
Bom, minha mae ainda trabalha e soh teria 2 meses de ferias… Se tirassemos antes do Arthur nascer ela iria estar aqui pro parto mas nao estaria aqui pra me ajudar depois que ele vier pra casa. Assim, esperamos que 1 mes depois ele ja esteja bem e que ja esteja quase indo pra casa, ou ja em casa pra ela poder me ajudar o maximo.

Tb estou no processo de ajudar minha irma a vir pra ca em Julho, ela vai olhar o Arthur pra mim pra eu voltar a trabalhar. Minha irma nunca veio pros EUA e ter ela aqui vai ser o maximo. O problema eh o medo dela nao conseguir o visto =(
Ela se formou no Brasil mas nao tem nada no nome.. ou seja nao tem mto vinculos. Tem apenas o emprego. Eu e o Greg vamos escrever uma carta convite, explicando da situacao do Arthur e dizendo que queremos que ela venha nos visitar. Quem sabe assim eles aprovam o visto dela. Quem sabe….
dedos cruzados.

E por falar em voltar a trabalhar… eu a principio era terceirizada e quando saisse de licenca, ia ficar fora o tempo que quisesse e depois ia ver SE teria vaga pra voltar a trabalhar…
Mas Deus trabalha diferente… Acabou que uma menina do meu departamento foi promovida e me sobrou uma vaga agora. Fui contratada rapidamente e agora tenho emprego pra voltar. Ficamos muito felizes em casa.. minha sogra (que ama trabalho) soh faltou dar pulos de felicidade.
Rs.
Serio, ela ficou mais feliz que eu fui efetivada no trabalho do que quando contei que tava gravida. kkkkkkkkkk
Mas foi mto bom mesmo, foi um alivio. COmo disseram meus chefes, um problema a menos pra estressar. =)

Saio 12 semanas de licenca e apesar da maioria das empresas nao darem licenca maternidade paga, a minha da. A diferenca eh que a minha da licenca maternidade depois de 1 ano de empregada… eu estou aqui ha 2 semanas agora registrada.
Massssssssssssssss tem um programa com o governo e empresas que me possibilitou de receber 6 semanas (parto normal) ou 8 semanas (parto cesarea).
Entao vai depender do parto, mas eu ganho no minimo 6 semanas pagas e isso eh maravilhoso pra alguem que acabou de comecar.

Esse fds passado, o Greg teve o “cha de bebe” dele. O irmao dele juntou todos os meninos da regiao pra irem pra uma cervejaria e todos levaram um pacote de fraldas pro Arthur. Estou com um bom estoque de mais de 1000 fraldas no total. O Greg amou o fds dele, teve um amigo que veio de longe de surpresa e ele praticamente teve a mesma felicidade que eu, no meu cha com pessoas queridas ao nosso redor. =)

E o Arthur?
Ah esse safadinho.. Quando ele sair e tiver bem… vou dar uns beliscoes nele…
Os chutinhos lindos que a gente amava sentir viraram chutoes fortes que me deixam sem respirar. Ele ja encaixou entao a cabeca esta pra baixo e os pes estao onde? NA MINHA COSTELA CLARO.
Tem horas que o olho chega a ficar cheio de lagrimas de tanto incomodo. Fico sem respirar de boa… Mas um dia ele me paga rsrs.
Esse lindo tambem esta indo muito bem, cada dia melhor a cada ultrasom.
Ate o medico ficou surpreso em saber o peso dele 2 semanas atras… pra um bebe com a condicao do Arthur, ele ta crescendo mais que o normal. (Ainda pequeno, mas pra condicao esta otimo) E isso eh maravilhoso.
Os intestinos tambem nao estao inchados, o que os medicos ficam super felizes cada vez que veem isso e ele ta respirando mto bem o liquido amniotico.

Contracoes:
Ja comecei a ter contracoes de treinamento. A pior delas foi nessa ultima terca feira. Minha barriga endureceu, ficou quadrada e eu nao conseguia me mexer… fiquei imovel por uns 2 minutos. Lagrimas escorriam e eu pensei – misericordia – se eu ja to sofrendo assim com dor na contracao de treinamento, o que vai ser de mim quando me induzirem?

A partir de entao foquei no parto. To com medo, to assustada, to nervosa e ansiosa. E nao adianta me dizer – ahhhh nao fique. Fala isso pro meu cerebro rsrs. Ainda mais que estamos ha 19 dias do parto. Nao da.

Acho que ja falei demais pra esse post. rs
O resto fica pra proxima
Beijos

 

28 e 29 Semanas

Olas… tudo bem por ai?
Por aqui posso dizer que esta tudo bem, gracas a Deus.

12674272_10207586143347534_1166255520_n12650333_10207586142707518_860112415_n

Como contei no outro post, estavamos preocupados com meu liquido amniotico. Voltamos ao medico semana passada e ele nos explicou que o normal eh entre 5 e 25. Tem um normal mais baixo e um normal mais alto, mas que eh sim normal. Que eu nao tinha que me preocupar com nada ainda, que nao adiantaria me entupir de agua (estar hidratada sim, mas tomar 3 litros de agua nao ia mudar o caso) e que eu nao tinha nenhum motivo pra me preocupar.
Moral da historia… NAO VA AO GOOGLE. No dia que ele me falou eu fui ao google e vi muitas historias e casos ruins. E tem medicos e medicos. Perguntei pra ele pq ele nao me colocaria de repouso absoluto e ele disse: Porque ao fazer isso a gente cria outro problema, de circulacao, de sangue nao lembro o que… E ele tambem disse que ate agora nao ve motivo para um parto de emergencia. Ou seja, nos tranquilizou muito.

Ai a gente pula de um problema pra outro, rsrs.
Eu fui fazer meu teste de glicose, para saber se desenvolvi diabetes gestacional. Tomei um liquido com 50 gramas de acucar em casa, em 5 minutos e fui para o consultorio tirar sangue. O suco eh muito ruim, mas ja tinha ouvido tantos casos que imaginei pior do que foi. O resultado saiu 3 dias depois e veio a noticia de que eu tinha “reprovado o teste de tolerancia”. Teria que refazer, soh que dessa vez o de 3 horas.
O teste de 3 horas eh… vc vai ate o consultorio, e tira um exame de sangue sem tomar nada, em jejum absoluto. Assim que tira aquele, toma o liquido soh que dessa vez ele com 100 gramas de acucar. (Se voce nao tinha diabetes ate entao, acho que com esses 2 liquidos voce desenvolve, nao eh possivel).
Assim que terminei (em 4 minutos e 30 segundos) ela marcou a hora. Era 8:35, ou seja, eu faria coletas de sangue as 9:35, 10:35 e 11:35am.
Eu nao podia ir a lugar nenhum e muito menos comer ou beber nada. Aquele gosto horrivel de doce ainda estava na minha boca… e a medica disse- se voce vomitar, tera que marcar outro dia e voltar e tomar ele de novo.
E o desespero de ter que tomar aquele treco de novo?
Na hora que eu estava tomando, eu fingia ser uma margarita super doce que me trouxeram errada haha. Mas nao queria aquilo de novo de jeito nenhum.

Perguntei onde eu poderia ficar nesse meio tempo entre as coletas e ela disse na recepcao. 3 horas na recepcao pensei… e acho que nesse “pensar” devo ter feito uma carinha de pidoncha… rs. Ela disse entao que ia ver se achava uma salinha onde eu poderia ficar.
Abri um sorrisao neh.
E ela encontrou.. uma salinha com uma maca onde disse que eu podia deitar e dormir que ela vinha me acordar a cada 3 horas pra coletar o sangue. Na primeira hora  nao consegui dormir pq o gosto do liquido ainda estava muito ruim e uns 50 minutos depois de ter bebido ele comecei a passar mal. Achei que fosse botar pra fora, mas respirei fundo e passou.
Da 2 pra terceira hora dormi o melhor dos sonos rs. E na ultima hora tambem.
O resultado sairia no dia seguinte. Eu estava com muito medo de dar que tenho diabetes mesmo pq eu nao queria mais uma coisa pra me preocupar. Ja tenho suficiente neh?
O resultado das 4 coletas de sangue deram dentro do padrao normal, gracas a Deus e eu nao tenho diabetes e posso comer o que quiser =)))))

Tenho me deliciado com o quartinho, Nada como planejar a chegada de uma vida. Eh surreal.


Essa semana foi meu aniversario. 30 anos! wow… to ficando velha. 

No dia 29 voltamos ao medico para ver o Arthur novamente. Esse filhinho da mae nao tira a mao do rosto para que eu possa ver o rostinho dele… nao tem jeito. Ja eh a terceira vez. rs.
Ele esta crescendo muito bem pela condicao, esta com 2pounds mas esta soh nos 27% de crescimento. Mas nao esta tao ruim. rs.
O coracao e todo o resto esta certinho. O intestino nao esta inchado o que foi mto bom saber.
O medico disse que agora posso ir la soh daqui 3 semanas pra marcarmos a data do parto definitivamente, mas que ele acha que vai mesmo ser dia 23 de marco. Se nada mudar, essa data eh a que fica.

Falando em aniversario, que dia que eu tive.
Ha anos eu falava pro Greg que queria um super 30 viajando pra algum lugar, ou ate no Brasil. Tentamos ate Miami e nao deu.
Eu nao entendia pq as coisas simplesmente “nao davam”.
Brazil era muito longe na gravidez e ficaria perigoso. Mexico nao tem suporte caso eu precisasse ter um parto la, sem falar que eu teria que ficar la ate ele ser liberado, o que pode durar semanas… e Miami nao deu certo onde iamos ficar, depois foi ficando caro e resolvemos que nao iamos fazer nada pela metade… que quando o Arthur nascesse e estivesse bem viajariamos pra algum lugar nos 3.
Hoje, vejo que nao era pra dar certo por algum motivo e entendo… o tal do Zika Virus esta a toda no Brasil, com tudo no Mexico e chegou em Miami. Prefiro acreditar que nao era pra ser mesmo.

Enfim… ai o Greg tinha uma preocupacao… como fazer meus 30 epico sem sairmos daqui.
Eu brincava com ele que soh queria cafe na cama e jantar a dois. (ou a 3)
Ele comecou o dia me dando uma carta que explicava que ele me daria 13 cartas no estilo A do baralho ate o K.
Ja na primeira morri de chorar. Falava da importancia dos 30 anos de acordo com a Biblia e nos meus 30 anos eu daria a luz ao nosso rei Arthur e que ele tinha certeza que eu seria uma mae maravilhosa. ❤

Depois disso fui recebendo cartinhas (com a carta do baralho dentro) ao longo do dia. Baloes, anel, flores e presentes vinham acompanhando algumas.. mas tudo fez sentido e ele preparou muito bem o que escrever em cada uma.
Na minha carta numero 7 quem me entregou foi o lugar da massagem que eu fui fazer… ou seja, ele foi la antes do que eu (sabe la quando) e entregou a carta 7 pra eles com as flores…
A carta 8 encontrei na manicure e por ai foi… A ultima carta, a K, ele me entregou ao entrarmos no lugar que ele escolheu pra me fazer a surpresa…. Chama Kings… assim como a carta K.
Entramos, eu senti uma vibe diferente… achei que ia jantar num lugar elegante hahah… e de repente vi umas 30 pessoas gritando surpresa. Tinha gente ate do meu trabalho que o Greg nem conhece. Como ele conseguiu o contato deles… muita investigacao no instagram e fazebook segundo ele. rs.
Eu nao pude jogar boliche, ate tentei algumas vezes, mas fiquei com medo de me machucar ou destender algum musculo algo assim… Entao preferi evitar.
E assim foi meu dia… meus 30 na cidade com o melhor marido que alguem podia ter. Eu me sinto muito abencoada e extremamente feliz que a gente insistiu tanto pra ficar juntos, quando tudo parecia perdido, tudo parecia que nao ia dar certo, a gente sempre acabava voltando um pro outro… e hoje ele eh a melhor pessoa que eu podia ter como marido e o melhor pai que eu podia ter escolhido pro nosso Rei Arthur. (Claro que ele me irrita neh, somos temperamentais e nem tudo sao mar de rosas… mas no fim do dia, eu nao o trocaria por ninguem).

E eh com o coracao cheio que termino esse post. Estou muito feliz essa semana pra pensar em problemas e soh vejo o copo metade cheio. Estou super positiva que o Arthur vai vir pra alegrar ainda mais nossas vidas e que vamos sair recuperados e logo do hospital quando ele vier.

Um beijo a todo mundo que conseguiu ler ate aqui.
=)

12674425_10207586149747694_1557525907_n12665703_10207586149947699_97948539_n

Meus 3 meninos!

No proximo post – CHA DE BEBE DO ARTHUR =)

25, 26 e 27 Semanas

Olas…
To devendo esse post faz tempinho…
Queria postar pelo menos de 2 em 2 semanas, não sei o que aconteceu rsrsrs. Então fiz o seguinte… escrevi correndo do meu trabalho e vou postar aqui sem revisar kkkk.

12625758_10207495636364916_537474225_n12575940_10207495636124910_1071894067_n12607347_10207495636404917_2012216823_n
2 semanas atras quando eu estava de 25 semanas, tive minha primeira consulta do ano. Era ultrasom de rotina. (minha rotina)
Eu ja falei zilhoes de vezes aqui que por mais que seja legal ver o Arthur eu fico tao tensa com ultrasoms que perde a graca.
Dessa vez era um homem fazendo ultrasom. Ele comecou com as medidas normais pra ver se tava tudo bem e ja de inicio perguntei – Como esta meu liquido amniotico?
Ele respondeu… hmmm ta OK.
(TA OK? aham ta bom… ja senti algo estranho)

Ele continuou as medidas, tirou varias fotos.. foi a primeira vez que conseguimos ver os intestinos pra fora. Como o bebe eh pequeno, parece que eh tanto. =(
O Arthur esta crescendo mas claro, como ja sabiamos ele eh menorzinho. Ele esta nos 35% de crescimento.

Ai verificamos tudo, coracao, etc… e mais pro fim ele me pediu pra eu virar pra esquerda. Na hora achamos que era pras fotos… santa ingenuidade…
Acabou o ultra, ele saiu, pediu pra esperarmos pelo medico.. procedimento normal. O Greg precisava entrar numa conferencia do trabalho e teve que ir embora.
Eu fiquei esperando o medico. Quando ele chegou ele disse que o Arthur tava crescendo bem, que tava tudo certinho… e deu uma pausa.
Ai me perguntou – Voce tem perdido liquido pela vagina? Falei – nao…
Ai ele – “Eh pq seu liquido amniotico esta um pouco abaixo do que gostariamos que estivesse. O certo e estar 10cm, voce estqa 8cm. Mas nao eh nada pra se preocupar mamae. Porem gostariamos que voce voltasse em 2 semanas.”
Nada serio, mas quer que eu volte em 2 semanas.. sei.
Ele perguntou se eu tinha alguma pergunta mas na hora nao saiu nada.
Sai dali e o dedinho ja passou a mao no google. Maldito google.
Descobri tanta coisa sobre esse tal liquido… se for menos de 7cm eles podem querer me colocar em repouso absoluto e se for menos de 5cm podem fazer parto de emergencia. Fiquei tensa neh.
Ai pergunta daqui, pergunta dali… descobri tb que as x dependendo do caso tomar bastante agua facilita.. Comecei a tomar quase 3 litros de agua por dia.. Como eh dificil. Ainda mais no inverno.

Desde entao tenho aumentado minha cota diaria de agua e esperado pela proxima consulta, que vai ser depois de amanha.

Uma semana depois disso levei o maior susto ate agora. Eu almocei, fiquei vendo minha novela, brincando com o Arthur… eu cutucava e ele chutava.. e tava tudo normal.
Quando levantei pra ir ao banheiro senti que nao tava bem… um sentimento estranho.
Fui ao banheiro, fiz xixi e quando levantei de novo nao me aguentei.. sentei no chao (era um banheiro grande) sentei no chao e acho que ai o pavor de algo estar errado tomou conta de mim.. nao conseguia respirar, era uma dor embaixo do peito (emabaixo que digo eh pelo lado de dentro na regiao do peito) uma dor nada a ver que me fez entrar em panico. As lagrimas saiam e eu la, jogada no chao do banheiro, sem conseguir respirar e sem saber o que fazer.
O jeito Game of Thrones que eu descrevi naquele dia eh – quando algum ator levava uma flechada no peito e ia respirando pouco ate nao respirar mais…
Exagerada neh? Mas juro que foi assim que me senti. Naquele momento ali nao sabia o que ia acontecer.
A dor foi amenizando na hora, mas demorou mais de uma hora pra passar completamente. Eu espero nao sentir nada parecido com aquilo nunca mais na vida.
Procurei no senhor Google, e pelo que entendi o Arthur achou minha costela. Alguma coisa assim. Ele achou o que nao devia isso eu sei.

Tambem nessa semana conseguimos ver a barriga mexendo bastante pelo lado de fora. Eu coloquei uma lanterna pq estava de roupa preta e eu, o Greg e meus cunhados conseguiamos ver os movimentos estranhissimos. rs

E as dores? Pensa que acabaram? Eu tb achava… sabado agora eu andei subindo em cadeira e achei que por isso eu tinha machucado um musculo ou algo assim… mas nao sei. Na verdade nao sei ate agora o que eh essa dor… sei que noite passada foi a pior noite gravida que ja passei… uma pq estou mais pesada e me virar doi, sair da cama eh uma dificuldade… com uma dor na entrada da virilha (um pouco mais pra dentro) entao foi de matar. Nao dava pra mexer a perna.. Durante o dia, enquanto to sentada esta de boa, mas assim que preciso levantar pra ir ao banheiro, ja era… Ando como se fosse uma lesma e segurando a periquita como se ela fosse sair correndo rsrsrs.
Nao, mas serio… doi pra caramba! Espero que passe logo.

No mais eh isso. Amanha tenho teste de diabetes e depois de amanha o ultrasom.
Beijos pra quem comentou e pra quem vem sempre aqui!

 

12571078_10207495636284914_751873304_n

O convite do cha de bebe do Arthur que foi enviado em algum momento dessas semanas.

 

12607109_10207495637084934_2096908775_n

Foto de hoje, 18 de janeiro de 2016. Ultimo dia do 2 trimestre. (Apesar de alguns sites dizerem que ja eh a primeira semana do 3.)

21 e 22 Semanas – Tour na Maternidade e UTI

Post abaixo.

1081463_10207267512821970_1233161768_n

10583134_10207267513181979_526703902_n

Semana passada, eu e o Greg fomos fazer nossa primeira visita ao hospital onde vou ter o Arthur. Dirigimos mais ou menos uns 40 minutos. Nao eh longe se voce tem que ir uma ou duas vezes, mas no nosso caso, sabendo que o Arthur vai ficar la por algumas semanas soh adicionou mais stress e mais coisa pra pensar.
Chegamos “soh” 30 min atrasados porque o hospital eh muito grande. Entramos pra nossa primeira consulta e ja na sala de espera entristeci. Tinham algumas criancas esperando pra ver o medico… se estao ali eh pq tem algum tipo de problema ja que eh um hospital mais “especifico”.
Fomos pra sala do cirurgiao pediatrico e ele logo apareceu, bem mais novo do que a gente esperava… super inteligente e com bastante experiencia no caso do Arthur.
Ele nos explicou tudo desde o parto ate a hora de irmos pra casa, mas como todo medico ele também precisa me dizer TUDO que pode acontecer (de ruim/errado) numa cirurgia. Meu coracao ia ficando mais apertado a cada coisa que ele dizia. Nao foi facil ouvir tudo que ouvimos.
Uma das coisas que me lembro dele dizer foi: “Claro que alguns bebes vao pra casa com 2, 2 semanas e meia… mas eu ja tive um caso de um bebe que ficou aqui um ano.” (PAUSA)
Nessa hora achei que nao ia aguentar… enfiei a cabeca no braço do Greg e por mim ia embora ali mesmo, mas queria tanto poder “deixar” o problema ali tb, iI=r embora livre, sem preocupações.  Mas como isso não e  possivel, fiquei e escutei o resto.

Pra resumir ele disse que nao era pra termos esperanca de levar o Arthur pra casa antes de 6 semanas. (6 longas semanas). Mas tudo bem, se for pra aguentar 6 semanas com um recem nascido no hospital mas pra ele nunca mais voltar la por esse motivo… eu ficaria muito feliz. Tem que torcer.

Eh muito difícil colocar em palavras essa coisa toda de gastrosquises. Eu estou muito ansiosa, nervosa, e sem paciencia nenhuma ultimamente. Ta ficando cada dia mais dificil pra mim e eu achava que ficaria mais facil, mas nao. Estou tao ansiosa pro momento chegar e eu saber como vai ser realmente ao inves de ficar imaginando o que pode ser, o que pode nao ser…
Imagino que toda mae fique ansiosa assim, mas por razoes diferentes.
Eu tento nao fazer dessa situação meu foco principal, mas eu penso nisso diariamente, varias vezes ao dia as vezes.
Pra me ajudar eu vejo contas no Instagram de bebes que estão passando por isso, de maes e pais que estao nessa batalha, fico me familiarizando com o processo todo e torco por eles como se fossem meus familiares, meu bebe. Quando algum bebe tem que dar um passo pra tras no tratamento, eu fico mal daqui.
Depois de visitar o cirurgiao, fomos fazer o ultrasom de crescimento. Como sempre, ultrasoms me deixam nervosa. Fico com tanto medo deles acharem mais problemas, mais coisas, que eh bem dificil relaxar e ver o Arthur na telinha.
Pra nossa sorte esse ultrasom foi bom, soh coisas boas. Viram novamente que eh um caso isolado (sem mais orgaos pra fora) e viram que ta tudo bem e que nao tem nada aparente pra se preocupar. Ate o nascimento.
Depois do Ultrasom a gente ja estava um pouco mais aliviado… fomos fazer um tour pela maernidade, conhecer o quarto que vou ter o parto (que alias respondendo a duvidas – vao tentar de tudo pra que seja normal… nesse caso a definicao vai ser por conta das mesmas coisas que uma gravidez que não seja de risco  – dilatacao, encaixe, etc)
Tambem conheci a UTI neonatal. Essa parte foi a mais dificl pra mim. Nao eh exatamente o que eu imaginava. Bom, na real eu nao sei nem o que eu tinha imaginado. Mas achei um lugar totalmente desconfortavel pra se passar horas do dia, escuro, triste… E era exatamente isso. 😦

Eu tambem descobri uma coisa diferente do que tinha visto por outros casos… nessa UTI (desse hospital) posso ver o bebe 24 horas por dia se quiser (eu via casos de horários das 6am as 9pm) mas saber que vou ter acesso a ele quando eu quiser aliviou um pouco.
Entao foi isso – entre coisas boas e ruins nossa visita de 4 horas ao hospital estava chegando ao fim.
Antes de ir embora tivemos mais uma noticia boa… Ja que moramos longe do hospital (em termo de kilometragem) fomos concedidos uma vaga na Casa Ronald McDonald para “morar” por la enquanto o Arthur tiver na UTI. Wikipedia Ronald McDonald House (soh achei definição em inglês, mas tem como traduzir- acho)
Eh uma fundação de caridade que funciona como espécie de casa, espécie de hotel onde teremos um quarto e banheiro privado, mas dividiremos cozinha e sala etc com outros pais de crianças que precisam de cuidado e que moram longe.
Logico que podiamos pegar um hotel mas ja pensou um hotel pra 6 semanas? As casas Ronald McDonalds custam aproximadamente $10 por dia.
Ja ajuda MUITO. Essa casa fica ha minutinhos do hospital e tem onibus que passa na frente e deixa no hospital  – de graca. O que também ajuda ja que o estacionamento do hospital tambem eh caro. Acho que ainda nem pensamos em todas as despesas extras que vamos ter… mas faz parte do pacote :/
Nao vai ser facil claro, nos mudar pra la por mais de 1 mes… O Greg tem que trabalhar, minha mae estara aqui, o Blu precisara de alguem pra caminhar, dar comida, etc… Não consegui pensar em todos os detalhes, são tantos que eu fico muito overwhelmed e estressada… Massss pelo menos conseguimos essa casa.. Quer dizer, conseguimos eh maneira de dizer – temos que mandar a papelada ainda e o unico jeito que nao daria certo eh se a casa estiver com todos os quartos reservados.

Noite passada estava procurando casos de gastrosquises no Instagram como faco diariamente e encontrei a hasthag niculife (vida na uti). Pela primeira vez na vida senti um alivio do Arthur ter soh gastros… Sim a entrada dele no mundo nao vai ser do jeito convencional mas tem cura… Mas e aqueles que nao tem? Morri de doh de ver algumas criancas com coisas bem mais serias e agradeci a Deus por nao ser algo mais grave. Tem tanta coisa que pode dar errado numa gravidez que ter um bebe saudavel parece quase impossivel aos meus olhos. Mas não eh claro. Tenho amigas que tem filhos saudaveis e hoje sei a sorte que elas tem. Elas devem saber tambem…
Mas enfim…soh me senti mal tendo que olhar coisas piores pra me sentir melhor sobre a minha situacao… ate que minha mae me deu um conselho que a minha voh dava pra ela – Tem que olhar sempre pra tras… porque na frente sempre vai ter sempre um alguem melhor que voce, ou com uma situacao melhor que voce, com uma sorte maior que a sua… mas quando voce olha pra tras, eh quando vc se sente agradecida. E conselho de voh a gente nao recusa. 🙂
E essa eh a mensagem que deixo pra vc, se vc leu ate aqui…

“OLHE SEMPRE PRA TRAS” (E agradeca as Bencaos!!!!!)

Beijocas

 

12395337_10207267513141978_1134252970_n

12386714_10207267512901972_1805440789_n

18 Semanas

thumb_IMG_0276_1024(Acho que o blog mudou o layout, ta diferente pra escrever e a foto ficou gigante)

18 Semanas. Que semana puxada. Semana dolorida. Ta comecando a ficar mais e mais dificil.

Uma vez no passado quando minha cunhada me disse que estar gravida era terrível e desconfortável eu juro que mentalmente chamei ela de dramática. Pensei, que bobeira, claro que deve ser uma delicia estar gravida… e alem do que cada um vive a gravidez de uma maneira diferente.  Tentei não dar bola e prometi que eu não seria uma maria reclamona. 😦

Nao eh novidade pra ninguém que eu estou sofrendo (e muito) na minha. E agora entendo as palavras dela… tem dias que tudo doi tanto que me pergunto se voltarei a engravidar um dia. Ja estou nesse nivel.

Essa semana foi a pior ate agora acho em termos de dor, de desconforto.

Mas ate agora soh neh, pq ainda deve piorar.

Eu peguei uma dor de garganta do nada, comecei a tossir sem parar, mas a cada tosse aquele osso do coccxis fazia pressao e machucava muito. Isso sem falar no normal que eh estar sentada e ao levantar vir aquela dor que vc não sabe se chora ou se grita ou se desmaia. Estava no chipotle semana passada e sentei pra almoçar, demorei meia hora e ao levantar, cheguei a ver estrelas… achei que ia desmaiar ali mesmo de dor no coccix.

No sabado inventei de colocar cortinas novas em casa, mudar algumas coisas de lugar, arrastei plantas e travei. Simplesmente travei as pernas e região da bunda. Não andava sem dar um gritinho e ficava mancando. Tive que tomar aquele velho amigo que não serve pra nada, o Tylenol (que eh a única medicação recomendada) e não adiantou P nenhuma. Soh a massagem que implorei pro Greg fazer sem me machucar que ajudou.

Semana:  18! Esta passando rapido. 5 meses. 

Ganho de peso? 143lb. Depois de perder bastante peso no comeco, eu recuperei 9lb ate agora.   

Sono: Ja esta comecando a ficar desconfortavel encontrar uma posição pra dormir, eu durmo de bruços e sei que estou com os dias contados disso.  

Coisas boas dessa semana: Estou naquela fase de nesting. Quero arrumar tudo aqui em casa, colocar quadros na parede, arrumar closets, arrumar tudo… minha cozinha esta quase pronta e ai podemos começar a arrumar o quarto do Arthurzinho ♥

Coisas ruins dessa semana: As dores com certeza. Me sinto uma senhora velhinha que precisa de ajuda pra levantar. 

Saudade de algo? Ter disposicao. Ainda to esperando aquela fase da gravidez que dizem que vc tem disposicao e energia pra tudo. rs 

Desejos: Coisas citricas e salgadas. Sei que eh mito mas dizem que quem espera menino sente mais vontade de coisas azedas e salgadas e quem espera menina come muita coisa doce. No meu caso isso fez sentido. 

Sintomas: Acne nas costas e principalmente pescoco, parece que to doente… de tanta coisa acontecendo ali… 

Palavra que definiu essa semana: DOR. 

Beijos meu e do Arthur ♥