15 Semanas

2015-10-28 15.38.56-3

Semana:  15 Semana! 

Ganho de peso? Deixei pra me pesar no ultimo dia das 15 semanas, na academia e finalmente cheguei no meu peso pre-gravidez. 141lb. Estou no 4 mês com o mesmo peso que estava antes, então acho que ta bom, afinal agora tenho 5 meses pra engordar os 30 lb que eles sugerem na gravidez haha. E vamos que vamos que daqui pra frente o ponteiro da balança so sobe! PS: Com o tanto que to comendo, acho que passo dos 30lb. =/

Sono: Essa semana perdi o sono uma das noites novamente. Tenho tentado me controlar pra não “planejar” muito as coisas, pra deixar acontecer, mas ta no sangue… e querendo ou não, com as festas de fim de ano chegando, o tempo vai voar… e daqui a pouco ja eh marco. Vai passar num piscar de olhos. 

Coisas boas dessa semana: Como faço diariamente, leio sobre a evolução do bebe no meu app. Essa semana o app dizia que o bebe ja consegue enxergar luzes do lado de fora da barriga. Não eh surreal isso? Ai mostrei pro Greg e não deu outra.. ele pegou a lanterna do celular, colocou sobre minha barriga e começou… hello, hello.. HELLOOOOOOO. rs. Ai dali um pouco ele disse algo que eu não pude conter o riso. Ele disse – “olha, to te mandando uma luz ai, aproveita que agora vc consegue ver bem e coloca o intestino pra dentro.”

Gente… quem aguenta? Fazendo piada com a própria “desgraca”. Esses somos nos. rs. Tem que rir pra não chorar neh? 😀

Coisas ruins dessa semana: Chorei de dor no cóccix dessa vez. Ta demais. Fui no walmart e comprei esse “cushion” em formato de donut e não eh que aliviou bastante? Eu não sinto tanta dor deitada no sofa, mas quando to sentada em uma cadeira trabalhando, ai eu quase morro. No carro tb doi, mas a menos que eu fique carregando esse trambolho comigo, eu preferi usar mais ele quando estou em frente ao pc.

 2015-10-28 14.24.13

Tb chorei numa conversa com o Greg na academia. Acho que tava emotiva. Mas tb acho que ele teve culpa. Ou seja, ou eu estou emotiva demais ou ele esta insensível para mim rs. Ahhh Hormonios!

Saudade de fazer algo? Levantar sem sofrer. rs. 

Desejos: Minha mae me perguntou essa semana se to com desejos… fiquei pensando e nao. O Greg disse que tb não to pedindo nada fora do normal. Chipotle e chocolate não podem nem ser considerados desejos no meu calendario pq eu sempre quero. Ai não vale.  

Enjoos? Passou. 🙂

Sexo do bebe: Essa semana sonhei com um menino. O sonho foi mto real. Como acordada eu acho que eh menina, não sei, soh acho… no meu sonho eu fiquei super chocada quando descobri que era menino. haha. Não que eu tenha ficado triste, de maneira nenhuma… mas eu fiquei bem surpresa. O Greg chorou no meu sonho de emoção. Ou seja – SONHO MESMO. Minha cunhada disse que foi numa vidente enquanto estava em New Orleans esse fds passado e que a vidente dizia – vejo um menino. vc não esta gravida? Ai ela – não não, impossível. Ai agora ela acha que sou eu a mae do menino. kkk. E minha amiga Pri tb sonhou que ela tava segurando o Arthur no colo… que ele era clarinho mas não polaco e tinha olhos azuis. Sonho meu nesse caso neh Pri? rs. Seria lindao! rs. 

Sintomas: Ruins: Todas as manhas os peitos parecem que vão explodiiiiiiir e ainda estou com MUITA acne. Agora o que melhorou foram as idas ao banheiro. Finalmente, ja era hora. Consigo dormir levantando apenas uma x como era antes. 

beijos! =)

Fernanda♥

Advertisements

14 Semanas – Segundo Trimestre

Finalmente passei do primeiro trimestre. Pra nao deixar passar em branco, aqui vai o resumo da semana 14. Amanha ja entro na 15 mas decidi começar a esperar pra postar depois que eu ja tenha praticamente acabado a semana, assim vou saber exatamente os sintomas ou como foi…

Semana:  14 semanas 

2015-10-20 15.09.47-1

Ganho de peso? 1,5kg. Mas ainda estou abaixo do que estava antes de engravidar. Porem essa barriga desse tamanho começa a me assustar. Pra mim ela esta demais demais. 

Sono: Dizem que quando vc entra no segundo trimestre, sua energia volta… ainda to esperando ela chegar rsrs. Deve estar vindo de re. Tem dias que ainda to me arrastando e sem vontade de fazer nada. 

Coisas boas dessa semana: Nossa tanta coisa, graças a Deus. Em primeiro lugar, voltei a sorrir. Voltei a ver luz no fim do túnel. E nada em especial aconteceu pra isso, mas acho que foram as orações de todos pra que a gente se acalmasse. Em segundo, finalmente anunciamos nas redes sociais que estamos gravidos .. (Apesar de eu odiar esse termo – quem ta gravida sou eu e não nos) kkk

anuncio

Também viajei essa semana pro cha de bebe de uma das minhas melhores amigas e foi tudo lindo. Mal vejo a hora de ver o rostinho do bebe Thomson (ainda sem nome) e a alegria que vai ser.

Rafa's todasSem falar que rever pessoas bacanas essa semana me fizeram muito bem. Nesse caso, as Luluzinhas. 🙂 

Coisas ruins dessa semana: Dor no coccix. Parecia uma velha pra sentar e levantar. Doi demais… imagina mais 6 meses assim?  Mas pq que doi?

A dor no cóccix (ou cocciodinea) é um sintoma que é sentido entre as duas nádegas, por baixo do Sacro.
O cóccix é um osso triangular localizado no final da coluna vertebral.

As mulheres grávidas percebem á dor no cóccix porque o bebê fica encostado na parte inferior da coluna, colocando pressão sobre o osso.

Obrigada bebezinho! 😀

Eu brinquei essa semana que vou ter tudo nessa gravidez. rsrsrsrs. MAS ERA BRINCADEIRA DEUS, não era um desafio. Porfa =) haha. 

E por ultimo, mas não menos importante, tive que comprar meu primeiro sutiã de maternidade pq as coisas aqui não são mais as mesmas. Segundo a moca da loja eu estou quase um full D. (não sei no Brasil o que eh isso, mas sei que aqui considero ela louca, mas como ainda vai crescer mais, fui na onda dela e comprei esse mesmo)

Saudade de fazer algo? Ir ao banheiro. Mas tudo bem… mta informação pra vocês.

Desejos: Bom, essa semana me deu vontade de comer coxinha neh, fui tentar fazer e como sou a negação em pessoa pra assuntos culinários  queimei, me estressei, e no fim comi do jeito que deu. Mas confesso que agora não quero nem ver coxinha pela frente. Ai semana passada tava conversando com um vendedor e ele abriu uma bolsa com um suco verde que parecia delicioso. Tive muita vontade, mas não pedi neh… O marido foi la e comprou suco verde desses prontos e apesar dele ter sido um fofo lembrando, não foi a mesma coisa. Acho que vou ter que fazer o meu mesmo. 

Alguma coisa deixando enjoada? Graças a Deus acho que dessa fase passei.  

Sexo do bebe: Nossa quantas apostas… rs. Como vi bastante gente esse fds todo mundo tem sua opinião. Muita gente acha que eh uma coisa, outras ja tem ate certeza, neh tia Bruna? A Bru chegou a comprar sapatinhos rosa pq ela disse que EH MENINA, certeza. rs. Mais 15 dias e saberemos. 

2015-10-20 14.35.32

Primeiro presente que a Bia ganhou… (seja nessa gravidez ou numa próxima, o nome sera o mesmo rsrsr.) ❤

Sintomas: Peitos doloridos que parecem que vão explodir, muita acne e gases. 

Mal posso esperar: Para ir na feira de NC amanha e comer um funnel cake bem gostoooooso. 

13 Semanas – Aceitação?

Ja faz uma semana e alguns dias desde que nós descobrimos que nosso bebê vai nascer com gastrosquises e de la pra ca, temos vivido uma montanha-russa de emoções: Medo, rejeição, negação, confusão, positividade, volta para os “e se” e “por ques”, mais medo, mais negação, mais rejeição.

Nossos amigos e familiares continuam a perguntar como estamos indo/lidando com isso todos os dias … dependendo da emoção/humor do momento que estou eles te uma resposta positiva, caso contrário …

Bom mas comecei a pensar assim…. Sim meu bebê terá esse probleminha quando nascer e não há nada que eu possa fazer para impedir, não há nada que eu possa beber que vai fazer o problema desaparecer, não há nada que eu possa comer que vai  torná-lo melhor, não há nada que eu ou os medicos possam fazer ou médicos para impedir que isto aconteça. Eu simplesmente tenho que esperar e ter fé que este é um caso isolado de gastro e que Deus está no controle. Ja falamos com 3 médicas e 2 técnicas de ultra-som que disseram que elas estavam bastante confiantes de que este sim é um caso isolado, então por que não confiar neles e principalmente em Deus que tudo vai ficar bem? Não tenho outra chance mesmo.

Eu me eduquei sobre o problema, li bastante, entrei em contato com outras mães que ja passaram ou que estão na mesma situação, li casos ruins que me fizeram querer fugir, mas tb li casos surpreendentes que colocaram muita fé e esperança em meu coração. A gente sempre ouve “gravidez é diferente para todas as mulheres” então, este problema também é diferente para cada bebê, então qual a lógica em ficar comparando ou sofrendo por antecedência?

Sim, eles disseram que minha gravidez está na categoria de alto risco, mas tudo o que significa para nós é que eu vou ser acompanhada de perto, farei um monte ultra-sons, (que felizmente nosso seguro de saúde cobra 100% deles) e serei induzida ao parto antes, quando chegar a hora. Pode ser que seja normal e pode ser que seja cesárea. Veremos na hora.

Tudo isso me fez pensar: Será que estou chegando na fase de aceitação? Porque a verdade é que eu não posso ir mais 6 meses chorando e fazendo as coisas mais difíceis para mim mesma. Eu também não posso colocar o meu bebê em mais perigo que ele / ela ja esta. Eu tenho que encontrar forças em algum lugar e salvar toda a minha energia para o dia do parto. Não importa o quão longe o parto pareça agora, a hora vai chegar e eu e o Greg vamos precisar ter muita força e energia guardada.

Não me interpretem mal, eu ainda fico triste, e vai ser assim de vez em quando. É meu último pensamento da noite e o primeiro de manha. É chato, mas o que posso fazer?

Lembram do meu último post sobre a Itália X Holanda. Eu queria uma coisa e terei que me contentar com outra. Então, esta semana, depois de ler meu post, uma amiga me contou o que tinha acontecido com a amiga dela. A amiga estava grávida de 9 meses e precisava de marcar o parto. Eles foram para o hospital e enquanto eles estavam lá eles foram informados de que o bebê não tinha mais batimento cardíaco. (Eu não posso nem imaginar a dor que essa mãe sentiu). Essa amiga ia ter que passar pelo parto e todo o resto sabendo que seu bebê não estaria mais vivo. Isso tudo me deixou muito triste. Então essa mesma amiga minha me  disse: “Ela teria adorado ter ido para a Holanda pelo menos.”

Boom. Ali isso me tocou. Sim a maioria das pessoas vão para a Itália, mas tem muitas outras que não vão a lugar nenhum mesmo depois de planejar meses e eu estava pelo menos tendo a chance de ir. Eu percebi como estava sendo abençoada, mesmo que pareça estranho dizer a palavra abençoada agora. Mas de maneiras diferentes, eu estava sendo. Há tantas coisas que podem dar errado em uma gravidez, ou em trabalho de parto, ou depois disso. Se fôssemos sentar aqui e pensar em todos eles, era capaz de nunca querermos ter filhos.

Então, eu decidi que mesmo estando em uma categoria diferente agora, eu ainda vou tentar aproveitar minha primeira gravidez, o tanto que puder. Quando tudo acabar bem após a cirurgia (se Deus quiser) e estivermos em casa com o bebê, eu sei que vou ter gostado de lembrar que eu aproveitei cada pequeno momento.

2015-10-10 13.53.13-1

Agora, vamos e convenhamos eu acho que a minha barriga ta muito para alguém que so perdeu peso desde que engravidou. Eu estava com 64 quando engravidei e agora estou com 61.

Obrigada por suas orações. =)

“Bem-vinda à Holanda.”

Quando você descobre que esta gerando uma vida dentro de voce, é como planejar uma fabulosa viagem de férias – para a Itália. Você compra montes de guias e faz planos maravilhosos. O Coliseu. O David de Michelangelo. As gôndolas em Veneza. Você pode até aprender algumas frases em italiano. É tudo muito emocionante.

Depois de meses de antecipação, finalmente chega o dia. Você arruma suas malas e vai embora. Várias horas depois, o avião pousa. O comissário de bordo chega e diz: “Bem-vindo à Holanda.”

“Holanda?!?” você diz. “O que quer dizer com Holanda ?? Eu me planejei para ir a Itália! Eu deveria estar na Itália. Toda minha vida eu sonhei em conhecer a Itália”.

Mas houve uma mudança no plano de vôo. Eles aterrissaram na Holanda e é lá que você deve ficar.

O difícil de compreender é que eles não te levaram a um lugar horrível, nojento, imundo, cheio de epidemias, fome e doença. É apenas um lugar diferente.

Portanto, você deve sair e comprar novos guias. E você deve aprender uma nova linguagem. E você vai acabar conhecendo todo um novo grupo de pessoas que você nunca teria conhecido se tivesse ido a Itália.

Holanda tem ritmo mais lento do que a Itália, menos chamativo do que a Itália. Mas depois que você estiver lá por um tempo e você recuperar o fôlego, você vai olhar em volta …. e você começará a notar que a Holanda tem moinhos de vento …. e Holanda tem tulipas. Holanda tem lugares paradisíacos.

Mas o problema e que todo mundo que você conhece esta ocupado, indo e vindo da Itália … e estão sempre comentando sobre como foi maravilhoso o tempo que estiveram por lá. E para o resto de sua vida, você vai dizer “Sim, Itália é onde eu deveria ter ido. Itália é o que eu havia planejado pra mim também.”

E a dor que isso causa nunca, nunca, nunca, nunca irá embora … porque a perda desse sonho é uma perda extremamente significativa.

Mas … se você passar a vida lamentando o fato de você não ter chegado à Itália, você nunca estará livre para apreciar as coisas, muito lindas, muito especiais e cheias de magica … sobre a Holanda.

Flag-Pins-Italy-Netherlands

Visitando o especialista

Os últimos 4 dias tem sido terríveis, mas hoje, terca feira eu estava mais calma.

A quantidade de pessoas que oraram e rogaram por mim e pelo Greg nesses últimos dias nos deixou mais calmos que não estamos nisso sozinhos. Obrigada família, amigos de perto e de longe, colegas de trabalho da minha mae, servos da igreja da minha tia e voh em Pinhais, pra quem fez novena, colegas de trabalho do Greg, as pessoas da nossa igreja, enfim…pra tanta gente que nem sabemos por onde comecar a agradecer. Sentirmos o carinho de vocês nesses dias foi definitivo.

Então hoje eu estava mais calma. Não estava feliz nem aceitando ainda, apenas mais calma. Pensávamos assim. Se chegarmos la e for um erro medico, maravilha. Saio dando estrelinhas. Se for mesmo confirmado que eh APENAS gastrosquises e que apenas o intestino esta pra fora e não outros órgãos, ok. Agora se for algo pior, onde mais órgãos estejam pra fora, ou mais órgãos estejam afetados, ai não saberíamos como reagir.

Chegamos no horario, nos fizeram esperar 30 minutos. Pra duas pessoas ansiosas e impacientes como o Greg e eu eles não sabem o perigo que correram. Eu queria muito fazer xixi mas não sabia se ia ter que coletar xixi como nas outras vezes. 15 minutos depois o Greg levantou e disse – olha, ela quer muito usar o banheiro. Pode? O cara foi perguntar pra enfermeira que disse- “não não por favor. Para o ultra eh melhor que a bexiga dela esteja bem cheia.” Mas foi bom ele perguntar, pq dai apuraram e nos chamaram.

Entramos na sala de ultra-som com esperanças ate demais eu diria. O bebe estava hoje na posição que precisava estar no outro dia, e pra mim que não entendo nada, parecia perfeito. Perfeitinho. (foto no fim) Eu não via nada e minha ansiedade e desejo de ter sido um erro medico crescia a cada foto que ela tirava.

Ate que ela disse- Aqui esta o que eles viram no outro medico. Ou seja, estava la. Estava la sim. Meu coração não pode evitar mas ficar super triste, eu me calei, e fechei meus olhos. Eu tinha muitas esperanças de não verem nada. O Greg acariciava minha perna e dizia – “Ta tudo bem, vai ficar tudo bem”. Juro que não sei o que faria sem o meu marido nesses últimos dias, o amor dele, o carinho e a atenção que ele tem dado para o problema tem feito as coisas menos difíceis.

Teve uma hora que ela mostrou o bebe e disse: “Olha, ele esta orando”, na hora eu olhei pro Greg que olhou pra mim e a gente sorriu. Ela nos mostrou, o bebe estava com as duas maos juntinhas. Da outra vez, ele estava acenando, mexendo a mãozinha pra cima e ela disse que o bebe tava dando oi. Dessa vez ele estava orando. Isso realmente nos tocou.

Ela terminou e me liberou pra ir ao banheiro, quando voltei ja nos encontramos com a medica que ia nos explicar o que ela entendeu do resultado. Quando ela entrou na sala, se apresentou, pegou na minha mão e disse- “Parabéns”.

PARABENS? PARABENS PQ?? Ja pensei. Logo me toquei que ela quis dizer parabens pela gravidez. Minha filha, vc eh uma medica de alto risco de gravidez e em plenas 12 semanas estou sentada em sua sala e vc vem me dar parabéns? Não sei, achei muito sem noção da parte dela e a partir dai meu santo não bateu com o dela.

Achei sem noção porque eu com minhas esperanças imaginei que ela fosse dizer – “Parabéns, não vimos nada, vc esta liberada. ” Posso sonhar não?

Ai ela começou: “o que posso te dizer eh que sim, os resultados mostraram que seu bebe tem sim gastrosquises. Ainda não sabemos qual o resultado final disso porque ainda eh muito cedo, 12 semanas o bebe esta soh do tamanho do dedo mindinho.”

Gente, pqp. Eu sou da seguinte opinião. Normalmente vc faz um ultrassom com 12 semanas e outro com 16. Com 16 ela vai poder me dizer tudo que tenho, todos os resultados. Porque eles não esperam pra fazer qualquer alarde a uma mulher gravida, que ja lida com toda as outras coisas, enjoo, cansaço, dor de cabeça, responabilidade soh com 16 semanas. Eu preferia não saber ate la porque agora serão mais 4 semanas de agonia, pensando no que pode ser e no que pode não ser.

Enfim, ela disse tudo aquilo que ja sabíamos, dos riscos no parto, dos riscos de possíveis órgãos a mais saindo pelo buraco, do risco de ser outra coisa mais seria, ou de ter outra coisa associada… em outras palavras respondeu tudo e não disse nada.

Os medicos aqui dizem tudo que eles sabem de certeza, mas eles sempre se previnem.. nunca dao 100% em nada. Ela disse que era 90% de chances que o que o bebe tinha era o caso simples de Gastro mas que não podia eliminar com certeza algo a mais. Ou seja, que que adianta me dar 90% então? Nessas horas eu ja queria dar na cara dela. Teve um momento que ela disse “Se eu fosse vocês, estaria super otimista”.

O Greg fez 90% das perguntas. Recusamos nos encontrar com uma psicóloga… pra que psicóloga perguntei pra ela e soh aqui entendi o porque eles dão o diagnostico tao cedo… Ela disse assim: “Porque tem muitas mulheres que interrompem a gravidez por muito menos”.

Não vimos necessidade de nos encontrar com essa psicóloga ate sabermos ao certo 100% se o que o bebe tem eh o caso simples ou o caso difícil seguidos de outros problemas como coração, rim, fígado, etc. Pra que íamos querer saber opções se eles não sabem nem o que a gente tem ao certo. Salvamos dinheiro numa segunda consulta, que pra nos, era totalmente desnecessária.

Eu sai de la mais triste que entrei, não porque ela me deu uma noticia muito ruim, mas porque foram muito vagos com o resultado. Estar nessa posição esta sendo muito difícil, sai de la chorando, com dor de cabeça e foi onde os porquês voltaram… Por que nos meu Deus? Um dia a gente deve saber…. mas não tao cedo. E isso doi.

Agora aguenta coração ate dia 3 de novembro pra maiores informações. Ate la… a incerteza, o sentimento de impotência e o nervosismo continuarão por aqui.

IMG_0913

Bebe com 12 semanas. 13 praticamente.